Eleições 2020: Termina em maio prazo para eleitor regularizar o título

Ajude-nos compartilhando com seus amigos

Quem perder o prazo, não poderá votar nas eleições municipais; na RMC são 180 mil

Da Redação | ACidadeON Campinas

**** Matéria alterada às 10h40 de hoje (6/3) para corrigir informação. Prazo vai até 6 de maio e não até hoje, 6 de março, como divulgado anteriormente.  

Termina no dia 6 de maio o prazo para que cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado regularizem a situação. Quem não estiver em dia com o documento, não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Na RMC (Região Metropolitana de Campinas) são cerca de 180 mil eleitores em situação irregular, segundo a Justiça Eleitoral. No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados no país porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno equivale a uma eleição.

Vale lembrar que na região as cidades de Campinas, Americana, Vinhedo e Sumaré são as únicas onde a biometria não é obrigatória para as próximas eleições.

Já nos outros 16 municípios o cadastro de biometria aconteceu até dezembro do ano passado. Quem não fez na época teve o título cancelado. Para que possam votar em outubro, a regularização precisa ser feita até hoje. Ainda segundo a o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) pouco mais de 80% do total dos eleitores já fizeram o procedimento, ou seja, 702.739 eleitores nessas cidades.

COM REGULARIZAR

Para regularizar o título, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral próximo a sua residência, preencher o RAE (Requerimento de Alistamento Eleitoral) e apresentar um documento oficial com foto.

Além disso, será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno que o eleitor deixou de comparecer. O prazo para fazer a solicitação termina nesta sexta-feira (6), último dia para emissão do título e alteração de domicílio eleitoral antes das eleições.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

A situação de cada eleitor pode ser verificada no site do Tribunal Superior Eleitoral (clique aqui). O primeiro turno será realizado no dia 4 de outubro. Se necessário, o segundo turno será no dia 25 do mesmo mês. Cerca de 146 milhões de eleitores estarão aptos a votar.

Consequências para quem tiver o título cancelado

O título de eleitor também precisa estar regular para que o cidadão esteja em dia com outros documentos, tais como o passaporte e a carteira de identidade.

A regularidade do título é exigida para: obtenção de empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo; inscrição em concurso público, investidura e posse em cargo ou função pública; renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e prática de qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou Imposto de Renda, entre outros.

Fonte:https://www.acidadeon.com/campinas/politica/NOT,0,0,1490283,eleicoes+2020++termina+hoje+prazo+para+eleitor+regularizar+o+titulo.aspx

Ajude-nos compartilhando com seus amigos

Deixe um comentário

Atenção! Trabalhamos com RETROSPECTIVAS, Aniversários, Casamentos, Formaturas e ....
Saiba mais
close-image